Como superar a perda de um cachorro

Como superar a perda de um cachorro

Gostou? Então compartilhe!

Olá amigos, Nesse artigo vamos falar como superar a perda de um cachorro, esse assunto um tanto quanto triste, porém muito necessário: o que fazer quando o nosso amiguinho de quatro patas nos deixa?

Superar a morte de um animalzinho querido pode ser tão difícil quanto superar o falecimento de um membro da família, isso porque nossos cachorrinhos nos amam de uma forma genuína e incondicional. 

A partida dos nossos fiéis amigos pode ser muito difícil de suportar, por isso, nesse vídeo vamos compartilhar algumas dicas que vão te ajudar a passar por esse momento complicado da melhor maneira.

Então fique ligadinho até o final do vídeo para entender um fator essencial na superação da perda de seu cachorro.

Pode parecer injustiça que seres tão carinhosos e puros como os cachorros tenham uma vida tão curta, não é mesmo?

Infelizmente não há como estendermos seu tempo na Terra, mas com certeza podemos tornar sua existência aqui muito mais feliz e guardar boas memórias com eles.

E é justamente esse o primeiro passo para começarmos a lidar bem com o luto: reforçar a memória dos bons momentos na companhia de seu cãozinho.

Com certeza você se lembra de situações divertidas e hilárias que viveu com ele, então se concentre nesses bons momentos e deixe de lado as horas difíceis,

assim com toda a certeza, sempre que você se lembrar dele, o sentimento será de felicidade e bem-estar! Consegue se lembrar de alguma situação em que seu cachorro te fez rir muito?

Tenha sempre em mente todas as vezes que o seu cachorro te fez rir, concentre-se nas atividades que vocês faziam juntos e todas as outras coisas que tornavam seu amigão único e especial.

Tente afastar do pensamento todos aqueles dias sofridos, conserve uma lembrança feliz que represente seu pet.

Como superar a perda de um cachorro

Como lidar com a perda de um cachorro

Outro passo importante para lidar com a partida, é encerrar esse ciclo com uma homenagem. A morte é um processo natural de todo ser vivo, isso significa que ninguém está ileso.

Porém, é muito mais fácil para nós superarmos uma despedida quando temos tempo de dizer adeus e dedicar um momento especial para homenagear aquela pessoa ou animalzinho querido.

Não há nada de errado em organizar, por exemplo, uma espécie de funeral para o seu cachorro.

Este momento vai ajudar você e as pessoas ao seu redor a se despedirem com calma, demonstrando todo o amor e carinho que têm por aquele ser.

Homenageie seu cachorrinho no momento de sua partida, faça isso da maneira que for mais confortável para você! Não tenha medo de ser julgado,

afinal a relação de um dono e seu cachorro só pode ser entendida por quem viveu essa experiência.

Com toda certeza você se sentirá melhor depois de dar uma despedida digna ao seu melhor amigo.

E falando em homenagem, existem formas muito legais de eternizar o seu bichinho. Uma boa ideia é fazer uma tatuagem especial para ele!

Pode ser com o seu nome, ou até mesmo reproduzir na pele a sua fotografia favorita com ele. Se você não é muito fã de agulhas, uma opção menos dolorida é adquirir uma joia personalizada com o nome do seu cãozinho,

muitas lojas oferecem esse serviço especializado e produzem uma série de itens com o rosto ou o nome do pet, imagine que legal tomar café todas as manhãs em uma xícara decorada com a foto do seu amigão?

A dor do luto é realmente difícil de lidar, muitas vezes o melhor que podemos fazer é dar tempo ao tempo. Sei que você já deve ter ouvido que o tempo é o melhor remédio, pode ser um pouco difícil de aceitar, mas essa máxima é verdadeira.

O começo é muito doloroso e às vezes temos a sensação de que nunca irá passar, no entanto, acredite… aguente firme, o passar dos dias lhe fará bem!

A medida que o tempo for passando você terá mais facilidade de se recordar das boas lembranças e todas as vezes que seu cãozinho vier a sua mente, você sentirá felicidade e gratidão por ter tido a companhia de uma criatura tão especial como ele.

Contudo, se as coisas estiverem realmente difíceis para você, e nem mesmo o tempo esteja conseguindo apagar a dor da perda, talvez seja a hora de procurar um especialista para te ajudar!

Muitos psicólogos prestam um atendimento especial a quem precisa superar o luto, pode ser uma excelente alternativa para te auxiliar nesse momento delicado.

E não há motivo para sentir vergonha! Procurar ajuda é muito importante, um profissional competente saberá lidar com a sua dor e irá te orientar de forma eficaz, pensando em soluções práticas para você aplicar no seu dia a dia.

Como superar a perda de um cachorro

Como lidar com a perda de um cachorro

Uma alternativa semelhante é procurar grupos de apoio, as redes sociais estão cheias deles!

Esses espaços podem ser realmente acolhedores, pois estão cheios de pessoas passando pela mesma situação que você.

Dê uma chance e participe dos grupos de apoio, com certeza você se identificará com muitas histórias e de quebra fará novas amizades!

Sabemos que seu cãozinho é insubstituível, porém comece a cultivar a ideia de adotar um novo companheiro. Claro, é necessário que você se sinta confortável e seguro para adquirir outro cachorro.

Mas, assim que começar a se sentir mais tranquilo, talvez surja a falta de um pet para animar seus dias!

É muito legal chegar em casa com uma recepção calorosa, que só os cachorros sabem fazer.

Então, que tal unir o útil ao agradável e dar um lar a um cãozinho de rua? Com certeza terão dois beneficiados, olha só que maravilha? Todos ficam felizes!

É natural ficarmos mais introspectivos quando algo ruim acontece conosco. A morte do seu animalzinho pode te deixar pensativo e calado… Mas, nesse momento, mais do que nunca, é importante colocar as emoções para fora!

Procure alguém de confiança para desabafar e abra o seu coração, com toda certeza um amigo verdadeiro irá te dar toda a atenção que você precisar nessa hora.

Compartilhar as nossas dores as tornam mais leves e nos ajudam no processo de superação.

Veja também:

Mitos sobre cachorros que você deve parar de acreditar

A Missão espiritual dos cachorros

Ao se abrir, você vai ver que outras pessoas passaram por situações iguais ou muito parecidas e vão poder te dar dicas preciosas, trocar experiências e te consolar da melhor maneira.

Outro ponto importante a ser falado é: nunca se culpe pela morte do seu cachorro! Como disse anteriormente, a morte é um processo natural, e infelizmente todos estamos fadados a isso.

Reconheça que você deu o seu melhor e fez de tudo pelo bem-estar do seu fiel amigo. Entenda que acidentes, doenças e outras coisas ruins acontecem, sem que possamos fazer algo para mudar.

O importante é que você ofereceu uma vida repleta de cuidados, carinho, alegria e bons momentos ao seu cão e com certeza ele foi muito feliz ao seu lado.

Não há motivos para sentir culpa, esse sentimento só lhe fará mal, ao invés de culpa, sinta amor e gratidão por ter convivido com esse animalzinho tão especial.

Sei que toda essa situação está pesada e mega difícil para você. Mas, outras pessoas podem ficar ainda mais chateadas e impactadas com a perda. Geralmente é o que acontece com as crianças!

Os pequenos podem se sentir confusos, assustados e até mesmo traumatizados. Principalmente quando os adultos, que são suas referências, aparentam estar muito abalados.

Por isso, tente manter-se firme para explicar às crianças o que aconteceu. Ah, e por mais que possa ser difícil dizer a verdade, não minta para elas!

Nunca diga que o animalzinho fugiu, ou que irá voltar, isso pode alimentar uma falsa esperança que irá gerar ansiedade e frustração nas crianças.

O ideal é explicar com carinho e cuidado o que realmente aconteceu, assim os pequenos aprendem sobre um processo natural da vida e entendem como lidar com a perda de uma forma mais tranquila.

Talvez a perda do seu cachorrinho possa te provocar sentimentos como raiva e irritação, nesses casos é importante liberar essa frustração de uma maneira saudável.

Como lidar com a perda de um cachorro

Como lidar com a perda de um animal de estimação

Procure ocupar o seu tempo e incluir atividades físicas no seu cotidiano. Gastar energia faz com que você relaxe o corpo e a mente!

Além de que, é comprovado cientificamente que o exercício físico libera uma série de hormônios benéficos, que são responsáveis pela nossa felicidade e bem-estar!

Você imaginava que praticar atividade física poderia te ajudar a superar o luto? Sim!

Este é mais um dos poderes do exercício físico. Então, mantenha-se ativo, você só encontrará vantagens nessa prática.

A rotina pode ser muito cruel com quem está em um processo de superação de perda.

Geralmente, começamos a sentir o impacto da falta de uma pessoa ou animal no decorrer dos dias, e não no momento exato de sua partida.

Por isso, é interessante que você tente fazer coisas diferentes das habituais nos primeiros dias após a morte do seu cachorrinho.

Isso vai ajudar o seu cérebro a se concentrar em atividades diferentes e abstrair um pouco do sofrimento.

Essa é uma tática de “enganar” o seu próprio consciente, que está aguardando a repetição de uma rotina e então, de repente, é surpreendido por uma quebra de expectativa! Tente realizar essa dica, você vai se surpreender com o resultado.

Bom, enfrentar a morte do seu cachorrinho é verdadeiramente muito difícil. Posso afirmar com propriedade, afinal eu também já passei por isso.

E justamente por esse motivo, posso lhe dizer: nós sempre conseguimos superar!

Por mais que doa e leve tempo, no fim nós conseguimos nos reerguer, amadurecer, aprender muito e guardar na memória os melhores momentos que seu amigão compartilhou contigo.

Sei que não é fácil, mas espero que depois de ouvir todas essas dicas especialmente pensadas para te ajudar, você possa se sentir mais tranquilo e preparado para enfrentar essa fase de luto. 

Se cuide e fique bem! Seu cachorrinho não iria gostar de te ver triste! Ah, e não se esqueça de se inscrever no canal: Amor Por Animais. Fique por dentro de todos os vídeos do universo dos pets.

Deixe seu comentário. Conhece alguém que também está passando por esse momento difícil?

Então seja um bom amigo e compartilhe esse artigo com ele!

Gostou? Então compartilhe!

Veja também

Comentário

Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments